Favorito para assumir direção de futebol do Atlético-MG, Alexandre Mattos desiste de clube inglês

Alexandre Mattos não acertou a ida para o Reading, da Inglaterra, e está com o caminho livre para ser anunciado pelo Atlético-MG. O dirigente já teve uma reunião com o Sérgio Sette Câmara na semana passada, em Belo Horizonte, para adiantar assuntos da negociação. É o preferido do presidente para assumir a direção de futebol do Galo - que está vago desde a demissão de Rui Costa, no início deste mês, após eliminação do Atlético da Copa do Brasil.

O acerto com o Reading não foi concretizado devido à dificuldade para Mattos obter visto de trabalho e da saída da Inglaterra da União Europeia, além da epidemia mundial do Coronavírus, que acabou o impedindo de viajar para assumir o posto no clube inglês.

Mattos está desempregado desde dezembro do ano passado, quando foi demitido pelo Palmeiras. No início desta temporada, com um conselho gestor à frente do Cruzeiro, ele assumiu a diretoria de futebol de forma voluntária, sem receber salários. O intuito era ajudar o clube no processo de reconstrução enquanto não assumiria o trabalho no Reading, da Inglaterra. Quatro dias depois de aceitar trabalhar no Cruzeiro, no entanto, acabou pedindo para deixar o cargo.

No último sábado, depois da vitória do Galo por 2 a 1, em cima do rival, no clássico, o presidente alvinegro deu entrevista e disse que o dirigente e ele são amigos de longa data e que era "natural se aconselhar com um amigo do quilate de Alexandre Mattos"

Confira o comunicado enviado pela assessoria de Alexandre Mattos

Como é de conhecimento da mídia esportiva fui convidado para ser o diretor executivo do Reading Football Club, da Inglaterra. No momento em que houve o convite comecei a cuidar de toda a parte burocrática para conseguir o visto de trabalho, porém vários fatores têm retardado o processo causando indefinição do prazo da obtenção da permissão. Além disso, o Coronavírus cria mais dificuldade em todo o processo. Tendo em vista importantes decisões esportivas que precisam ser tomadas e que seriam de minha responsabilidade, sem causar nenhum prejuízo ao investidor e ao Reading, preciso deixar o Clube e seu proprietário inteiramente livres para que possa ser tomada a decisão de buscar um outro profissional no mercado imediatamente.

Quero aproveitar a oportunidade para agradecer o interesse no meu trabalho e dizer às pessoas que me fizeram esse honroso convite que sempre estarei à disposição, e desde já torcendo para que tudo dê certo para o Reading.

Enjoyed this article? Stay informed by joining our newsletter!

Comments

You must be logged in to post a comment.

Recent Articles
About Author

Sou apenas um sonhador